Deviant Login Shop  Join deviantART for FREE Take the Tour
×

:iconmath-pompeu: More from Math-Pompeu


More from deviantART



Details

Submitted on
November 18, 2012
File Size
636 bytes
Link
Thumb

Stats

Views
99
Favourites
0
Comments
5
Downloads
7
×
Desespera-te e procuras com mãos ligeiras
tudo que já te pertenceu
Desespera-te atrás dos seus amores, das coisas mais corriqueiras
aproveita esse desespero de no fundo de ti nasceu

Desespera-te, agarra-te a tudo que puder
ao futuro, ao passado
aproveites cada pedacinho desse sentimento que vier
é bruto, maciço, pesado

mas tal como um ferreiro
tu purifica e lapida e transforma o desespero
e ele será a sua espada, a arma letal
que com trabalho e dedicação te levará ao final
nunca ouça quando te dizem "não se desepere"
Add a Comment:
 
:icontanukitagawa:
TanukiTagawa Featured By Owner Nov 28, 2012
:bulletblue: Apesar do título,traz uma mensagem otimista! :nod:
Reply
:iconmath-pompeu:
Math-Pompeu Featured By Owner Nov 29, 2012
Oi, valeu o comentário
Reply
:icontanukitagawa:
TanukiTagawa Featured By Owner Nov 29, 2012
:bulletblue: Não há de quê! 8-)
Reply
:iconandersoncerqueira:
andersoncerqueira Featured By Owner Nov 28, 2012
Realmente. Mas a essência do texto é fabulosa. Parabéns!
Reply
:iconb-jester:
B-jester Featured By Owner Nov 26, 2012  Hobbyist General Artist
tem alguns erros de concordancia entre o pronome pessoal e o pronome obliquo. mas está muito bom.
Reply
Add a Comment: